Jon Oliva: veja lyric video de nova canção

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 19:31

0

Jon Oliva, eterno band leader do Savatage e Jon Oliva's Pain, lançará em junho seu primeiro álbum solo, que sairá sob o nome de Oliva e com o título de Raise the Curtain.

Ouça abaixo a canção Father Time e veja a capa do álbum:





Via Blabbermouth

Behemoth: Nergal explica o título de novo álbum

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 21:21

0

O novo álbum dos caras do Behemoth já tem nome: The Satanist, que sairá via Nuclear Blast.



Nergal explica: "Nos levou quase duas décadas para vir com um título como este... fala por si só. Enquanto nossas novas canções artisticamente tomam rumos surpreendentes, nossa mensagem continua firme - orgulhosa e radical. 'The Satanist' luta pelo anseio eterno de libertação e de amor pela liberdade em todos os aspectos da vida. Considerando nossas experiências de vida que às vezes tomaram curvas dramáticas, eu não poderia pensar em um título mais apropriado para o que somos e onde estamos agora"


Via Metal Hammer

Dream Theater tem lançamento de DVD adiado para novembro; veja o trailer

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 21:11

0

Live at Luna Park, o novo dvd do Dream Theater, inicialmente seria lançado em maio, mas foi adiado para 5 de novembro, talvez até mesmo depois do lançamento de um novo disco de estúdio.

Segundo a banda, “Devido circunstâncias atenuantes, o lançamento de ‘Live At Luna Park’ foi adiado de sua data original na primavera. Em um trabalho para fazer deste projeto o mais especial possível, e entregar a melhor experiência possível para os fãs do Dream Theater, estes atrasos provaram-se necessários. A necessidade deste tempo extra será abundantemente clara quando novembro chegar.”

Assista ao trailer:



O vídeo foi gravado em dois shows na Argentina em 2012.

O set list dos shows foram:

19 de agosto de 2012
01. Bridges In The Sky
02. 6:00
03. The Dark Eternal Night
04. This Is The Life
05. The Root Of All Evil
06. Lost Not Forgotten
07. Drum Solo
08. A Fortune In Lies
09. The Silent Man (com um quarteto de cordas)
10. Beneath The Surface (com um quarteto de cordas)
11. Outcry
12. Surrounded (Precedido pelo solo de teclado de Jordan Rudess)
13. On The Backs Of Angels
14. War Inside My Head
15. The Test That Stumped Them All
16. The Spirit Carries On (precedido pelo solo de guitarra de John Petrucci)
17. Breaking All Illusions
Encore:
18. Metropolis Pt. 1: The Miracle And The Sleeper
20 de agosto de 2012
01. Bridges In The Sky
02. These Walls
03. Build Me Up, Break Me Down
04. This Is The Life
05. Caught In A Web
06. Lost Not Forgotten
07. Drum Solo
08. A Fortune In Lies
09. Wait For Sleep (com um quarteto de cordas
10. Far From Heaven (com um quarteto de cordas)
11. Outcry
12. Surrounded (Precedido pelo solo de teclado de Jordan Rudess)
13. On The Backs Of Angels
14. War Inside My Head
15. The Test That Stumped Them All
16. The Spirit Carries On (precedido pelo solo de guitarra de John Petrucci)
17. Breaking All Illusions
Encore:
18. Pull Me Under

Fonte: WHIPLASH!

Slayer: Paul Bostaph de volta à banda

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 19:51

0

O Slayer anunciou oficialmente o retorno do baterista Paul Bostaph, que gravou com a banda de Divine Intervention (1994) a God Hates Us All (2001).

Paul substitui novamente Dave Lombardo (o que já havia feito em 1992), que foi demitido da banda no início deste ano.

"Tom Araya e Kerry King estão muito felizes em anunciar o retorno de Paul Bostaph à banda de maneira integral. Bostaph começará no show de 4 junho na Polônia. Gary Holt continua no lugar do falecido Jeff Hanneman", foi o comunicado da banda.


Já o baterista afirmou: "estou muito empolgado em retornar à banda; Passamos 10 intensos anos juntos da outra vez, fizemos grande música, nos divertimos muito, então é como voltar para casa".



Via Metal Hammer

Assista ao vídeo de" Nutbush City Limits", pareceria de Joe Bonamassa e Beth Hart

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 17:06

0



O guitarrista Joe Bonamassa e a cantora Beth Hart se juntaram mais uma vez para fazer seu segundo álbum de regravações de músicas do soul clássico, intitulado Seesaw, que foi lançado no último dia 21.




O repertório do novo CD inclui faixas de Aretha Franklin, Etta James, Billie Holiday, Tina Turner e muitos outros artistas. O duo entrará em uma turnê que passará pela Europa e tem duas datas em Amsterdã, na Holanda, onde será gravado o DVD ao vivo das apresentações.

O primeiro single, "Nutbush City Limits", já foi divulgado e ganhou um videoclipe, que mostra cenas das gravações em estúdio.

Confira:





Fonte: Guitarload

Slash quer recuperar antiga Les Paul e garante pagar bem

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 17:00

0




Slash quer recuperar uma de suas principais companheiras na época do auge do Guns N' Roses. O guitarrista usou seus canais na internet para tentar comprar de volta uma das Gibson Les Paul com as quais costumava ser visto há mais de duas décadas.

Em mensagem postada na última sexta-feira (24), o músico garante a quem for o atual proprietário que fará o negócio "valer a pena". "Estou tentando encontrar uma Les Paul que usei no início dos anos 1990. Nunca mais a vi desde então. Era uma Gibson Goldtop 1989/90, serial #70854. Sempre amei essa guitarra e gostaria de comprá-la de volta de seja lá quem for. Vou fazer valer a pena".

Com o texto, Slash divulgou um endereço de e-mail para quem tiver informações referentes ao instrumento: slashsibsonsoldtop@gmail.com.


Fonte: Guitarload

Matt Bellamy: "A falência do meu pai me levou ao sucesso"

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 16:53

0



Matt Bellamy, vocalista do Muse, revelou que a falência de seu pai nos anos 90 o levou ao sucesso.
O vocalista admitiu que o divórcio dos pais, aliado à crise financeira, fez com que ele apreciasse a importância da família, explicando que é por isso que o sucesso com o Muse não lhe subiu à cabeça.
"Fama e dinheiro não mudaram minhas opiniões e crenças com o passar dos anos. Minha mãe e meu pai terminaram quando eu tinha entre 13 e 14 anos, isso foi durante a recessão econômica, no começo dos anos 90. Naquela época, meu pai faliu e isso impactou toda minha família.” 
“Passei por tempos difíceis, morando com uma mãe solteira que lutava para conseguir um emprego”Bellamy conta. “Isso mudou minha visão de mundo”
Admitindo que sua infância o ajudou a lidar com o sucesso, ele acrescenta que nunca quer passar por essa situação outra vez e completa: “Claro que muitas coisas podem acontecer na carreira de uma banda de rock, mas somos três caras jovens e dispostos a não deixar isso acontecer”.

Fonte: Club NME

Manic Street Preachers: novos discos a caminho

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 16:28

0


O vocalista do  Manic Street Preachers, James Dean Bradfield, garante que a banda já tem 35 músicas prontas que serão divididas em dois álbuns. "Estamos quase  acabando de gravar o primeiro. É muito mais acústico -   há apenas uma guitarra elétrica em todo o álbum", disse Bradfield, em entrevista ao NME.

Ainda sobre o primeiro disco, o cantor explicou que a canção principal soa como uma mistura entre "Rocks Off" dos Stones e à era de Vegas de Elvis Presley. O segundo disco, diz Bradfield, é "muito mais ligado ao que temos feito. Em termos líricos, tem influências europeias. A música principal é metade em inglês, metade em alemão", completou.


Fonte: Blitz

Nine Inch Nails: novo disco este ano e Robin Finck de volta

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 14:38

0


Trent Reznor explicou recentemente no Tumblr do Nine Inch Nails que tem trabalhado num novo disco com Atticus Ross e Alan Moulder há um ano, e que este álbum já está acabado. 


"Não tenho sido completamente honesto sobre o que tenho feito ultimamente. No ano passado trabalhei secretamente com o Atticus Ross e com o Alan Moulder num novo álbum do Nine Inch Nails, e tenho a alegria de  informar que já está acabado e é espetacular". 

A banda norte-americana, que está em hiato desde 2009 , decidiu fazer a pausa após Reznor informar aos fãs que estava  "pensando que seria uma boa hora para o NIN desaparecer por uns tempos." 

Ainda no Tumblr, Trent Reznor disse  que o novo álbum "é o impulso e motivação por detrás da decisão de voltar a reunir a banda e fazer shows outra vez. "


Recentemente foi noticiado que Robin Finck, antigo guitarrista , iria voltar à banda para participar do novo álbum. "Tenho o maior orgulho em anunciar que o grande Robin Finck vai estar presente no próximo trabalho", confirmou Reznor no Facebook da banda.



Fonte: Blitz



Morre Marshall Lytle, baixista do Bill Haley and the Comets

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 14:07

0

Morreu no último sábado, 25 de maio, na Flórida, Marshall Lytle, baixista da banda Bill Haley and the Comets. Ele tinha 79 anos e sofria de câncer no pulmão.





Tesseract: polêmico vídeo para "Singularity"

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 08:44

0

Veja o novo vídeo da banda progressiva Tesseract, para a canção Singularity de seu mais recente álbum, Altered State.




A modelo é Isabel Lucas e fez uma gravação extremamente sexy durante todo o vídeo, que supõe várias interpretações para os espectadores, a mais comum é a de que a moça fica grávida de um alien (!!!).





Megadeth e Jason Newsted tocarão Metallica ao vivo?

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 08:32

0

A Gigantour contará, obviamente, com o Megadeth e com a banda Newsted também, liderada por Jason Newsted, ex-baixista do Metallica.


Depois das declarações que poderiam tocar juntos no palco, começaram os rumores sobre o que tocariam. Jason deu a dica ao Skullbones.com:

"Há uma chance que nós detonaremos algumas canções do Metallica da fase em que ele foi da banda. Há uma chance, foi conversado. Eu estou com vontade de destruir em 'Phantom Lord'. Mas na verdade, o que ele decidir eu detonarei do mesmo jeito".

Este ano a Gigantour terá Megadeth, Newsted, Black Label Society, Device, Hellyeah e Death Division.




Via Metal Hammer

Túnel do tempo: ouça Axl Rose em 1983

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 08:24

0

Em 1983, mais precisamente 25 de maio, três dias antes de Axl Rose conhecer seu futuro parceiro e desafeto Slash, o vocalista fazia parte da banda Rapidfire e gravou uma demo, que agora foi postada pelo guitarrista Kevin Lawrence.

O destaque fica por conta da voz mais grave de Axl.






Via Classic Rock

Masterplan: assista ao novo clipe da banda, “Keep Your Dream Alive”

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 21:44

0




“Keep Your Dream Alive” faz parte do álbum "Novum Initium" e será lançado dia 14 de junho via AFM Records.

Confira:




Megadeth: "Super Collider" decepciona

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 19:47

0

Por Carlos H. Silva

O Megadeth, desde Risk (1999), vem lançando álbuns que não obtém exatamente algum tipo de unanimidade ou “grande maioria”. Sempre tem a turma do “amei” e a turma do “odiei”, e não posso deixar de elogiar uma banda com tais características, pois significa que sempre estão trazendo algo novo ou fazendo variações do seu próprio som; ou seja, não apenas repetindo as fórmulas de Rust in Peace ou Countdown to Extinction eternamente - embora não ache ruim as bandas que seguem a mesma linha há anos, desde que faça com qualidade.

Apesar de se enquadrarem nos dados de não terem sido uma grande unanimidade, os dois últimos álbuns, Endgame (2009) e Thirteen (2011) foram mais bem recebidos que os demais, principalmente pelos fãs, e isso fez com que um novo disco do Megadeth fosse muito esperado, porque o sentimento é que eles tinham “engrenado” novamente.



Super Collider talvez não seja exatamente o que muitos esperavam; apenas algumas horas depois de “vazado” já dividia opiniões dos fãs e dos críticos de música. É aquele tipo de álbum em que você lerá resenhas positivas e negativas quase na mesma proporção, e por vários motivos diferentes, bem como tudo o que o Megadeth tem lançado há quase 15 anos.

Senti falta de uma grande canção de abertura, aquela que seria o carro-chefe. Kingmaker, apesar de ter as guitarras thrash e um pouco de velocidade, não tem essa característica. Built for War, Burn! (não, não é cover do Deep Purple) e Off the Edge trazem alguns bons momentos e a faixa-título nos remete diretamente àquela fase em que a banda abandonou um pouco o thrash metal. É uma boa canção. Mas nada além disso.

Apesar de dar uma melhorada no final com as boas Forget to Remember e Don’t Turn Your Back..., o miolo do álbum é um pouco chato e cansativo.

O sentimento que fica após o término é aquele do início: está faltando algo grandioso aqui. E fica também uma pergunta: você consegue incluir alguma faixa deste disco em um Best of duplo da banda? Eu não. Esperava mais.


Nota: 5.0

Dave Mustaine – Vocal e guitarra
David Ellefson – baixo
Chris Broderick – Guitarra
Shawn Drover - bateria

01. Kingmaker
02. Super Collider
03. Burn!
04. Built for War
05. Off the Edge
06. Dance in the Rain
07. Beginning of Sorrow
08. The Blackest Crow
09. Forget to Remember
10. Don’t Turn Your Back…
11. Cold Sweat (Thin Lizzy cover)

Assista 'Traveller', novo clipe do Jorn

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 10:54

0



O álbum "Traveller" será lançado no mês que vem via Frontiers Record.

Confira o novo videoclipe da faixa título:





Morre o baterista Ed Shaughnessy

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 10:45

0


Morreu  na última sexta-feira, aos 84 anos, o baterista Ed Shaughnessy, conhecido por ter integrado o grupo The Tonight Show Band, banda residente do programa televisivo The Tonight ShowShaughnessy, sofreu um ataque cardíaco em sua casa, no estado da Califórnia.

O baterista tocou diversas vezes com artistas convidados do Tonight Show, como  Jimi Hendrix, Johnny Cash, Aretha Franklin e James Brown. Com a chegada de Jay Leno ao programa, Shaughnessy abandonou a banda.

Antes de integrar o Tonight Show , o baterista tinha sido músico residente nos programas de Steve Allan e Garry Moore na CBS.

Don Ellis, trompetista e líder da banda do Tonight Show, disse uma vez que Shaughnessy era "um dos únicos homens da sua geração que tinha a mente aberta o suficiente para tentar coisas novas".

Fonte: Blitz



Like... Clockwork, o surpreendente novo álbum do QOTSA

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 12:15

0

Por Rose Gomes

Nunca fui de curtir Queens o the Stone Age e não estava nem um pouco animada para ouvir o novo trabalho deles, mas houve tanto burburinho e tanto quebra pau entre os críticos musicais (uns amando, outros odiando e ambos brigando), que fiquei curiosa pra ouvir o porquê de tanta falação.

Posso dizer que Like... Clockwork me surpreendeu positivamente e já me vejo uma fã em potencial desta banda a partir, é claro, deste disco, que mostra que os caras evoluíram ao meu ver, (veja bem, ao meu ver), em relação aos trabalhos anteriores, mostrando uma nova roupagem que muito me agradou.




O disco começa muito bem com a strip teasezesca  Keep Your Eyes Peeled, com belas guitarras e um falsete que me lembrou U2 na época do Pop. I Sat by the Ocean vem na sequência com uma pegada indie puramente atraente, batida deliciosa e refrão envolvente. Difícil ficar indiferente (e parada) a essa faixa.



Deste brilhante disco ainda destaco as imperdíveis If I Had a Tail, My God is the Sun, Smooth Sailing e a bela I Appear Missing mostrando que a banda acertou em cheio neste bem sucedido disco.

Esses dias recomendei este disco a um amigo que assim como eu não era chegado ao som do Queens of the Stone Age, e ele meio que contrariado aceitou ouvir o álbum e acabou aprovando, assim como eu. E mais uma vez a música prova que quando ela é realmente de qualidade consegue e sabe magistralmente surpreender.

Nota 8,0


1. "Keep Your Eyes Peeled" 
2. "I Sat by the Ocean"  
3. "The Vampyre of Time and Memory"  
4. "If I Had a Tail" 
5. "My God Is the Sun"  
6. "Kalopsia" 
7. "Fairweather Friends" 
8. "Smooth Sailing"  
9. "I Appear Missing"  
10. "…Like Clockwork"  



Morre Mr. Ruffino, baixista da banda Tutti-Frutti

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 11:53

0



Morreu neste domingo, 26, aos 60 anos o músico Ruffino Lomba Neto, baixista com carreira marcante na música brasileira. Mr. Ruffino como era conhecido, sofria de câncer e durante os últimos dias esteve internado até que sua filha, Thati Manzan,  confirmou o óbito no Facebook.

Durante os últimos anos o baixista atuou ao lado de Luis Sérgio Carlini com o Tutti-Frutti. Participou também de outras bandas de rock brasileiras como Made in Brazil e Patrulha do Espaço.


5 álbuns de rock para se ter em vinil

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 11:37

0

Por Rose Gomes

Existem milhares de álbuns incríveis, do começo ao fim no rico mundo da boa música. Porém são poucos os que têm conteúdo musical atraente e uma capa ou design de qualidade, o que acaba transformando o que poderia ser apenas um belo registro musical em uma obra de arte. Separei 5 discos indispensáveis em vinil para quem curte um bom som. 

Grand Funk Railroad – ‘E Pluribus Funk’ (1971) – O álbum de 1971 do até então power-trio americano traz uma capa caprichadíssima em formato de moeda com a efígie dos integrantes da banda. Os créditos desse exímio trabalho  são dos artistas  Terry Knight e Craig Braun. 



No conteúdo, faixas clássicas e bem executadas como Footstompin´Music, People let´s Stop the War, Come Tumblin e Loneliness. O disco possui apenas  sete músicas, mas faz jus à máxima de que qualidade não é quantidade. Obra-prima de altíssimo nível. Disco essencial.


Dead Kennedys  - ‘Fresh Fruit for Rotting Vegetables’ (1980) – O bem sucedido disco de estreia da banda americana Dead Kennedys, além de ser indispensável na coleção do bom apreciador do gênero, traz capa simples, sendo o vinil a verdadeira estrela da parte “física” do álbum. 



O efeito do disco branco rolando na vitrola é bonito e parece acompanhar o ritmo frenético de faixas clássicas do punk como Kill the Poor, California Über Alles, Holiday in Cambodja, entre outras. Arte por conta de Annie Horwood e Winston Smith.


Queen - A Day at the Races (1976)-  Este álbum traz uma bela arte de capa de David Costa, e considero como sendo um dos discos mais sensíveis da banda, tanto nas letras, como no instrumental. 



Os destaques estão nas faixas do lado A: Tie Your Mother Down, com solo mítico do competente Brian May, a lindíssima You Take My Breath Away e Long Away. Já do lado B a clássica Somebody to Love, (que executada no toca-discos traz uma sensação arrepiante!) e Teo Torriatte (Let Us Cling Together), que traz a magnífica interpretação de Freddie Mercury que canta dois refrões da canção inteiramente em japonês.


Iron Maiden – ‘Powerslave’ (1984) -  As capas do Iron Maiden sempre foram uma obra à parte e este disco, um dos mais importantes álbuns da banda, traz o trabalho do ilustrador Derek Riggs combinando as “pirâmides do Faraó-Deus-Eddie-Horus” com o estilo egípcio da faixa-título, “Powerslave.” 



A capa ricamente detalhada parece absorver o conteúdo das letras e a fase de amadurecimento do grupo. Deste disco destaco as faixas do lado A: Aces High e 2 Minutes to Midnight, e as do lado B:  Back in the Village e a “egípcia” Powerslave. Coloque no toca-discos e deixe a sonzera rolar solta.


Supertramp - Even in the Quietest Moments (1977) –  O quinto álbum dos caras traz uma capa sensível e intensa, trabalho dos artistas Mike Doud, Kenneth McGowan e Bob Seidemann.


Não é preciso muito para recomendar um disco de uma banda com o porte do Supertramp, que traz verdadeiras maravilhas musicais em toda a sua obra e neste trabalho não seria diferente. Do lado A destaco a faixa Give a Little Bit, já o lado B pra mim é o melhor do disco, com as faixas Babaji, From Now On e Fool's Overture.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...