Queensrÿche: versão de Geoff Tate começa turnê comemorativa de clássico. Veja

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 20:59

0

Geoff e companhia começaram a turnê de comemoração de 25 anos do clássico do heavy metal progressivo lançado pela banda: Operation: Mindcrime. O disco foi tocado na íntegra e no bis rolaram alguns outros clássicos da banda.

A banda agora conta com Tate no vocal, Rudy Sarzo (ex-Ozzy, Whitesnake, Dio, Quiet Riot) no baixo, Kelly Gray na guitarra, Randy Gane no teclado e os novos membros Robert Sarzo na guitarra e Simon Wright (AC/DC, Dio) na bateria.

Esta versão do Queensrÿche já soltou um single, "Cold", que você pôde ouvir aqui e faz parte do novo álbum da banda, Frequency Unknown, a ser lançado em 23 de abril, via Deadline Music/Cleopatra.

Veja alguns vídeos do show da banda na quinta-feira dia 11, em Denver:











O set-list completo foi:

01. I Remember Now 
02. Anarchy-X 
03. Revolution Calling 
04. Operation: Mindcrime 
05. Speak 
06. Spreading The Disease 
07. The Mission 
08. Suite Sister Mary 
09. The Needle Lies 
10. Electric Requiem 
11. Breaking The Silence 
12. I Don't Believe In Love 
13. Waiting For 22 
14. My Empty Room 
15. Eyes Of A Stranger

Encore:

16. Silent Lucidity 
17. I'm American 
18. Best I Can 
19. Empire 




,Fonte: Blabbermouth

Nasce um animal e ele é nacional!

Posted by João Carlos Martins | Posted in | Posted on 18:33

0

O quarteto formado por Chuck Hipolitho (Guitarra-Vocal), Thadeu Meneghini  (Guitarra-Vocal), Flavio Guarnieri (Baixo) e André Dea (Bateria), as Vespas Mandarinas, lançou no mês de abril o seu primeiro álbum intitulado “Animal Nacional”.


A banda inicialmente, em 2010, contava com outra formação na cozinha, contudo os rapazes que assumiram o cargo, antes presentes no Sugar Keane estão mandando bem aos montes junto das Vespas. Quanto a Chuck, como se sabe despontou quando foi um dos Forgotten boys e Thadeu o band leader do Banzé.

Eles já contam com dois EPs lançados nos anos de 2010 e 2011 respectivamente conhecidos pelos nomes "Da doo Ron Ron" (Canção da banda dos 60’s The Crystals, cujo qual foi feita versão no álbum citado) e o muito bem elaborado "Sasha Grey", que contava com a lindíssima "Antes de que conte até dez" (versão de Fito y Fitipaldis), "Beijar seus pés", "Quarta parada", além, é claro, da que carregava o nome do disco.

Animal Nacional, para quem já os acompanhava nada mais é que a confirmação de uma grande banda brasileira, que faz Rock em grande estilo como Titãs, Paralamas do Sucesso e bandas internacionais como The Nerves, Big Star entre outras. Suas letras são sempre engajadas, mesmo quando retomam à musicas românticas como “O Amor e o Ocaso”, ou musicas de caráter político como é o exemplo de “O inimigo” ou inspiradoras como “Retroceder”. A questão, antes de qualquer coisa, é que os caras estão realmente dispostos a dar uma arrebentada no que estamos acostumados a ouvir quando se trata de NO-VI-DA-DE!













Esta foto é uma demonstração do quanto gosto da banda. Show no Outs em 10/12/2011, peguei essa baqueta ao término e a guardo até hoje.



O álbum vem com uma cara nova, apesar das já conhecidas "Cobra de Vidro", "O Inimigo", “Um homem sem qualidades”, pudemos ouvir uma grande canção chamada “Não sei o que fazer comigo” que subliminarmente já se percebia que seria uma das faixas quando apareciam algumas frases da canção sendo postadas pela banda nas redes sociais. Além da excelente e linda “Vicio e o Verso” que por sinal é minha favorita do novo álbum.

A crítica fica por conta de terem deixado de lado as que tinham um grande peso, tanto nas apresentações quanto nas suas essências e que davam um ar de singularidade a banda, que é o caso de “Sem nome” e “Impróprio”, mas não se pode crucificar alguém por isso, pois afinal de contas uma nova gravação serve justamente pra mostrar o que se tem de novo.

A curiosidade da banda ficará por conta de mim... é isso mesmo! De MIM, isso aí. Certa vez, no ano de 2012, fui a um show dos caras no Clube Berlin em plena quarta-feira, eles estavam fazendo um cover de Selvagem dos Paralamas, eis que Thadeu esqueceu a letra e como eu estava muito próximo do palco continuei cantando, ele virou o microfone pra mim e eu terminei a canção com os caras. Foi FODA! No mesmo dia vi também Bonzo (Chile), e Black Drawing Chalks – que em breve terá uma resenha na Caverna de John.


Minha nota para o nosso recém nascido é 9.7. Não 10 porque deixaram de fora minha favorita "Livre demais" que por sinal já não tocam há tempos. Não sou imparcial.












Pra você que ainda não ouviu, não perca mais tempo e ouça agora! 



Aguardo ansiosamente para ter o CD em mãos... 

Até breve!

Tony Iommi e Brian May: guitarristas podem fazer álbum juntos

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 14:56

0




Segundo o jornal inglês Birmingham Mail, Tony Iommi e Brian May estão elaborando juntos um projeto.
Iommi contou ao jornal que quando foi diagnosticado com câncer  May foi lhe visitar e  mostrou alguns riffs que havia composto  mas que não usaria e a ideia de um álbum dos dois surgiu.
“Minha atenção está no Black Sabbath agora. Mas pode ser que façamos algo juntos em cima destes riffs de alguma maneira", adiantou Tony.
Os guitarristas disseram que imaginaram uma maneira de disponibilizar os riffs para os fãs, para que todos tenham possibilidade de criar algo baseado neles.  “Dessa maneira, você poderia fazer sua música com Tony Iommi na guitarra. Não seria incrível?”, completou May.
Fonte: Wikimetal

Eddie Van Halen atualiza os fãs sobre sua saúde

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 13:03

0


Eddie Van Halen atualiza os fãs sobre sua saúde, enquanto David Lee Roth mostra seu domínio do idioma japonês, com uma saudação em vídeo postado pela  promotora de shows UDO.

O Van Halen News Desk  postou o vídeo, que não pode ser incorporado, mas pode ser visto no YouTube,  e  que foi filmado "apenas alguns dias atrás" durante os ensaios para a turnê do Van Halen. A banda toca em Sydney, Austrália no dia 20 de abril, antes de iniciar uma série de datas no Japão, a partir de 18 de junho.

"Estou feliz, muito saudável - e muito ansioso para tocar para os nossos fãs japoneses - Nos veremos em breve!" , é o que Van Halen diz no vídeo. Roth, então, faz sua própria saudação no que parece ser um japonês impecável. 

A banda retomou sua turnê  "A Different Kind of Truth", adiada em  2012  após o caso de diverticulite de Eddie. Roth, por sua vez, está passando seu tempo no Japão, onde aparentemente se apaixonou por uma garota local.




Black Sabbath divulga novo vídeo com bastidores de '13'

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 12:32

0



Together Again é o título do novo vídeo que a banda acaba de soltar na internet com mais bastidores das gravações do novo álbum, "13", com lançamento previsto para o dia 10 de junho.




Lembrando que a banda toca por aqui (SP) em outubro, no Campo de Marte.


Nikki Sixx: desejo de Taylor Hawkins em seu próximo álbum

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 11:09

0


Uma das coisas que tem limitado Sixx é a falta de um baterista, e o músico declarou que pretende tornar a banda  uma prioridade no futuro o que, presumivelmente inclui encontrar um bom baterista para ajudá-lo. 

Em um tweet recente, Sixx revelou o músico que está no topo de sua lista de desejos, o batera do Foo Fighters, Taylor Hawkins.

Porém isso será uma tarefa difícil, pois o Foo Fighters já trabalha em um novo álbum e além disso, Hawkins tem usado seu tempo livre para promover seus próprios projetos, as bandas The Coattail Riders e Chevy Metal, além de estar envolvido no filme CBGB, no qual interpreta Iggy Pop.





Enquanto isso, as composições de Sixx para o próximo álbum continuam. O baixista revelou que seu processo criativo não diminuiu e que há mais material sendo gerado.


Fonte: Loudwire

Nova banda com membros do Killswitch Engage, Cannibal Corpse e The Black Dahlia Murder?

Posted by That Rock Music | Posted in | Posted on 09:07

0

O guitarrista Adam Dutkiewicz, do Killswitch Engage, afirmou à Decibel Magazine que quando sua banda fez uma turnê junto com o Cannibal Corpse e o Black Dahlia, em uma das noites os caras estavam tomando uma cerveja, ele perguntou a George Fisher, vocalista do Cannibal, se ele gravaria algumas canções com ele. George respondeu que com certeza o faria. Mostrou para o vocalista e para Shannon Lucas, hoje ex-baterista do The Black Dahlia Murder, e eles curtiram.

Sobre a sonoridade, Adam continua: "não é death metal no sentido tradicional. É certamente mais brutal que Killswitch Engage - e há ainda alguns elementos melódicos. E a bateria é destruidora, por isso Shannon é um dos únicos caras que poderiam gravar isso."

A banda ainda não tem nome e nem previsão de lançamento do álbum.





Fonte

Aquecimento Live 'n' Louder

Posted by That Rock Music | Posted in | Posted on 08:33

0

Amanhã, 14/04, acontece em São Paulo o festival Live 'n' Louder, no Espaço das Américas, Barra Funda.

Montamos então este aquecimento onde você assiste um pouco de cada banda que se apresentará por lá!!


#1 Molly Hatchet




#2 - Sodom




#3 - Loudness




#4 - Metal Church




#5 - Angra




#6 - Twisted Sister






Amon Amarth divulga capa de "Deceiver of the Gods"

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 20:58

0

Com lançamento sem data definida, o Amon Amarth já liberou pelo menos a capa do novo álbum, Deceiver of the Gods. E é fantástica!


Segundo a definição da banda, "a capa mostra a última batalha entre os Deuses e Loki, que chega ao campo Vigridr acompanhado pelo exército dos mortos durante o Ragnarok, o fim do mundo. Esperamos que vocês gostem".

Eu com certeza gostei, e vocês?



Guns n' Roses solta trailer de novo dvd ao vivo. Veja!

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 20:46

0

Appetite for Democracy 3D Live é o novo dvd do Guns n' Roses, gravado em um espetacular concerto da banda em Las Vegas, com direito a Axl tocando November Rain em um palco suspenso. Veja este e outros grandes momentos no trailer oficial abaixo. O dvd sai no segundo semestre:






Black Sabbath: Entrevista com a banda sobre novo ábum. Veja o vídeo

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 14:02

0


Jack Osbourne, filho de Ozzy, é o novo repórter do Fuse News e recentemente fez uma entrevista com Ozzy Osbourne, Tony Iommi e Geezer Butler na festa de audição do novo CD da banda, "13", em Los Angeles. 

Jack perguntou aos três músicos do Sabbath se existiu receio sobre a gravação de um novo álbum."A pressão estava sobre nós, porque faz muito tempo desde que nós trabalhamos juntos ... e era agora ou nunca. Este álbum, para mim, é provavelmente o mais importante da minha carreira", respondeu Osbourne.

Com aparência saudável Tony Iommi comentou sobre o processo de composição do álbum. "Eu tinha um monte de riffs e mostrei para todos e então decidimos juntos a começar a trabalhar neles".

Também foi perguntado se eles tinham alguma apreensão em trabalhar com o produtor Rick Rubin. "Foi engraçado no começo, porque vindo aos ensaios, quando estávamos escrevendo as músicas, ele ficava cinco ou dez minutos e depois ia embora. Então ele dizia, 'me avisem quando tiverem outra música pronta'. Por isso, foi muito estranho, nunca tinha trabalhado com alguém assim antes."

A parte mais engraçada da entrevista vem no final, quando Jack pergunta à banda se eles têm alguma última palavra a dizer. Assista ao vídeo abaixo para ver a resposta hilária de Ozzy.



Fonte: Loudwire

Chris Cornell tocará no Best of Blues Festival, em São Paulo

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 13:38

0



O músico Chris Cornell (Soundgarden, Temple of the Dog e Audioslave) traz para São Paulo seu show solo, como parte das atrações do festival Best of Blues.

Além de Cornell, outras atrações como Buddy Guy, Dr. John, John Mayall e o brasileiro Nuno Mindelis completam o line-up.

Os shows acontecem entre os dias 10 e 13 de junho no WTC Golden Hall e os ingressos custam entre R$ 250 e R$ 1200 por dia.




Morre o guitarrista Jimmy Dawkins

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 12:42

0




Morreu na última quarta-feira (10) o guitarrista Jimmy Dawkins. Ele tinha 76 anos e a causa da morte não foi divulgada.

Dawkins ficou conhecido como  “Fast Fingers” porque seus dedos percorriam com agilidade o braço da guitarra. O guitarrista deu o mesmo nome a seu primeiro disco, lançado em 1969.

Jimmy também colaborou em trabalhos de músicos como Buddy Guy, Clarence Brown, Luther Allison, Sleepy John Estes e Earl Hooke.

Ao todo ele lançou  mais de vinte discos.

Fonte: Guitarload

Livro ‘Dias de luta’ ganha reedição ao completar dez anos

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 11:00

0

Dez anos depois o livro ganhará reedição ampliada.


Escrito pelo jornalista Ricardo Alexandre e tendo como título uma canção do grupo paulistano de pós-punk Ira!, o livro "Dias de Luta— O rock e o Brasil dos anos 80”, acaba de ganhar uma edição revisada e ampliada, 10 anos depois de seu debut nas livrarias. 

O livro começa sua narrativa nos anos 1970, com um perfil do Vímana, banda de rock progressivo de onde sairiam três astros do movimento: Ritchie, Lulu Santos e Lobão. O jornalista cita a  MPB no pré-estouro do rock, fala sobre o Rock In Rio, a ascensão e queda do RPM e o fim do ciclo, em 1992. No meio do caminho, visita Barão Vermelho, Kid Abelha, Legião Urbana, Ultraje a Rigor, Capital Inicial, Engenheiros do Hawaii e outros artistas que colaboraram para a formação do mito.

A decisão de preparar uma segunda edição do livro, segundo o autor, se deu quando ele viu exemplares atingirem preços de 150 até 550 reais nos sebos. Agora ele  prepara um livro sobre o rock brasileiro dos anos 1990 — época que acompanhou de perto, como jornalista. Escrito em primeira pessoa, “Cheguei bem a tempo de ver o palco desabar” será uma coletânea das crônicas que ele vai disparar ao longo do ano num blog, e que deve chegar ao papel até outubro, incluindo os melhores comentários dos leitores.

Enquanto isso, no site de “Dias de luta” , entram hoje os primeiros podcasts sobre o livro. "A riqueza cultural dos anos 1980 pode ser reforçada pela internet. Esse é um livro sobre música em que o grande personagem é uma geração", definiu Alexandre.


Fonte: O Globo



Paul McCartney gravará segunda música com Nirvana

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 09:26

0



Segundo o site de fãs do cantor, o Macca Report, Paul deverá gravar a canção ‘Down The Road' com os membros do Nirvana e a música estará presente no próximo álbum do cantor, com lançamento previsto para o final desse ano.

Recentemente o ex-beatle foi recrutado por Dave Grohl para gravar a canção ‘Cut Me Some Slack’ que faz parte do documentário Sound City.

O mesmo site também afirma que o novo disco de McCartney terá outras participações especiais, como Bruce Springsteen na guitarra e backing vocals de ‘Eye Of The Storm' e Eric Clapton em 'All Of My Life’. Vale lembrar que Paul também participou do novo álbum de Clapton, "Old Sock".


O Macca Report listou as possíveis músicas que estarão presentes no disco:


Loving You
Hosanna
Eye of the Storm
Down The Road
Come With Me
Life Of A Party Girl
A Sparrow’s Song
Sting Of My Tears
Blue Skies
Little Girl
I Believe
All Of My Life
Blindside
Sunny Day
April Fool’s Day


Também não podemos esquecer que recentemente produtor Mark Ronson disse que Paul McCartney se inspirou no cantor Usher e no funk da banda brasileira Bonde do Rolê, para fazer seu próximo álbum. Então só nos resta aguardar pois algo inusitado virá por aí.

Fonte: Noise11

Joe Lynn Turner: Jon Bon Jovi foi meu roadie nos '70

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 08:46

0

Joe Lynn Turner (ex-Rainbow, Deep Purple, Malmsteen) foi entrevistado pelo Noisecreep e quando perguntado se teve a chance de acompanhar as bandas novas que surgiram nos anos 70, se lembrou de algo interessante:

"eu via muitas bandas, até mesmo pela televisão nas primeiras vezes. Depois eu vi Jimi Hendrix 7 vezes ao vivo. Vi o Zeppelin, vi Grand Funk, vi Sly & The Family Stone. Eu vi muito R&B ao vivo também.
Falando nisso de checar bandas novas, eu me lembro de um garoto quando eu comecei a ter minha própria banda. Ele me ajudava bastante, carregava os intrumentos, tudo. Ele fazia tudo o possível, ajudava muito. Ele queria estar no mundo da música. O nome dele é Jon Bon Jovi. No final das contas, acho que deu tudo certo para ele".



"não lembro disso não, hein"

Black Sabbath: primeiros comentários de "13" começam a surgir e são positivos

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 08:37

0

Na quarta-feira, 10 de abril, alguns poucos convidados selecionados tiveram o prazer de ouvir a maioria das faixas de 13, novo disco do Black Sabbath.

E após a reunião, os comentários são bastante positivos no que concerne à música de uma forma geral, à performance individual de cada membro da banda e das letras do disco.

Veja o que o Artisan disse sobre o que ouviu:

"com produção de Rick Rubin, o disco é cheio de riffs old school".

End of the Beginning: "um riff agressivo que nos lembra porque Tony Iommi é o "godfather" do riff. Então a banda diminui o ritmo para Ozzy entrar com uma letra filosófica. Tem ainda um solo vintage de Tony."

Age of Reason: "a bateria de Brad dá o ritmo e é sincronizada com o baixo de Geezer. O som de guitarra tem uma melodia que é progressiva o suficiente para soar como Rush - acredite ou não, sim, eu disse Rush! Podemos imaginar milhares de fãs reagindo bem à esta canção ao vivo. Tem o solo mais longo de Tony até aqui."


Ouça um áudio-review sobre as outras canções abaixo:






The Rolling Stones: Bill Wyman se recusa a tocar com a banda

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 08:26

0

O ex-baixista da banda, Bill Wyman, recusou-se a tocar com a banda nos shows de aniversário nos Estados Unidos. 

O motivo?

Segundo Bill em entrevista ao Express, "foi muito bom tocar com eles durante 5 minutos. Foi o tempo que eles me deixaram tocar. Keith Richards me fez pensar que eu seria grande parte daquilo, mas no fim era somente em duas canções"

Wyman continua: "quando eles me chamaram para fazer os shows na américa do norte, eu recusei, disse 'para duas músicas? Não, tenho mais o que fazer' "

Stones com Bill Wyman - segundo da esquerda para a direita


Outro ex-membro dos Stones, pelo contrário, aceitou o desafio e tocará com a banda na turnê comemorativa, o guitarrista Mick Taylor.

Mick gravou com os Stones discos emblemáticos como Let it Bleed (1969), Sticky Fingers (1971) e Exile on Main St. (1972).

Keith Richards falou sobre a Jimmy Fallon, apresentador americano: "nos discos do Stones, gravamos 6, 7 e até 8 guitarras numa canção. Então, na hora de tocar ao vivo, Ronnie (Wood) e eu temos que escolher as duas melhores partes para executarmos. Com Mick podemos incluir mais uma e será muito interessante"


Stones com Mick Taylor - primeiro à esquerda

Alice in Chains: e se "Dinosaurs" for o último?

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 08:13

0

Em entrevista a Jack Osbourne, do Fuse TV, Jerry Cantrell afirmou que poderia descansar em paz caso The Devil Put Dinosaurs Here seja o último álbum do Alice in Chains.

O guitarrista continua: "vejo cada disco como o último. Nós sabemos como as coisas podem ser. É ótimo que estamos fazendo música após tudo que passamos."

Sobre o álbum, o baterista Sean Kinney é mais direto: "não ficaria surpreso se algumas pessoas não gostarem do disco. Nós não precisamos mais brigar com gravadoras para tocar nosso tipo de música. Ou gostam ou não gostam. Eu não espero que todas as pessoas gostem, mas sim que a banda fique satisfeita".

Jack também questiona os caras sobre que tipo de música eles escutem hoje em dia, a resposta dos dois foi direta: "Black Sabbath, Led Zeppelin, Van Halen... ainda ouço o mesmo tipo de música de quando era adolescente, porque ainda não vi uma nova revolução acontecer depois daquilo".






Vídeo: Alice in Chains toca novas canções ao vivo

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 21:59

0

Ontem a banda tocou três canções como convidada especial do programa Jimmy Kimmel Live, entre elas Stone e Hollow, que farão parte de The Devil Put Dinosaurs Here, novo álbum do grupo. Veja os vídeos abaixo:

"Stone"




"Hollow"




"Man in the Box"







Eddie Jackson fala sobre o futuro do Queensrÿche e novo álbum

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 14:04

0




Em entrevista ao Media Mikes, o baixista e membro fundador da banda de metal progressivo Queensrÿche, Eddie Jackson, contou como a banda está lidando com os equívocos em relação  às duas versões diferentes do Queensrÿche, (recentemente as duas bandas soltaram seus singles na internet). Estamos focando apenas em nós e vamos seguir em frente. Queremos continuar fazendo o que estamos fazendo e tocar ao vivo. A transição longe de Geoff como o vocalista era algo que Michael, Scotty e eu sentíamos que precisava acontecer.”

O músico disse que a conexão entre os fãs do grupo e o novo vocalista, Todd La Torre, foi ótima e elogiou o colega de banda. “Nossos fãs gostaram e receberam bem a Todd. Ele tem um estilo de voz capaz de executar álbuns como " Rage For Order " e " Operation Mind Crime ". As coisas estão indo muito bem. “

Jackson deu alguns detalhes sobre a produção do novo álbum de seu Queensrÿche, que será lançado em 11 de junho e garante que o trabalho está praticamente concluído. “Ainda estamos ajustando algumas coisas aqui e ali. Tem sido bom trabalhar com James "Jimbo" Barton novamente. Temos um ótimo relacionamento com ele e queríamos lançar um álbum que captasse o estilo dos anteriores.”

Sobre uma possível turnê, o baixista adiantou que há algumas datas agendadas para os Estados Unidos e Europa. “Estamos trabalhando para tocar em outros países. Estamos muito ocupados este ano  e olhando para a frente.”

Será que a banda desembarcará por aqui? 



Michael Anthony: Roth o quer de volta ao Van Halen

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 11:50

0


O ex-baixista do Van Halen, Michael Anthony, disse estar "lisonjeado" porque o vocalista David Lee Roth o quer  de volta à banda, porém o reencontro com a formação original parece pouco provável, já que o filho de  Eddie Van Halen,  Wolfgang, assumiu o baixo junto ao grupo.

Roth disse recentemente que adoraria ver Anthony de volta porque sua voz acrescenta muito ao som da banda.

Em entrevista à Howard Stern, via Blabbermouth, o baixista contou que ficou lisonjeado: "Foi lisonjeiro para mim ouvir Dave falar assim. Ele nunca falou isso quando tocávamos juntos! E obviamente eu sou o tipo de cara que não guarda rancor de nada, e você nunca sabe o que pode acontecer. "

O músico entrou em choque com Eddie, em meados da década de 2000 e foi substituído por Wolfgang para o reencontro com Roth. Acredita-se que a discordância resultou do fato de Anthony manter contato com o ex-vocalista Sammy Hagar, com quem mais tarde formou o Chickenfoot.

Mas, embora o supergrupo esteja tendo um ano de folga enquanto o baterista Chad Smith foca no Red Hot Chili Peppers, Anthony não está necessariamente à procura de mais trabalho. "Há um momento na vida, na carreira e em todo o resto em que  a amizade e as pessoas  valem mais. E se o lado da música acontecer, melhor - mas não é isso que realmente importa neste momento.”



Liam Gallagher revela canção sobre seu irmão, Noel

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 11:15

0

Liam gostaria de escrever algo mal-intencionado sobre seu irmão, mas não consegue.


Liam Gallagher admitiu que uma das novas canções do Beady Eye é sobre seu irmão e ex-colega da banda Oasis, Noel. A canção, intitulada 'Don't Brother Me' estará no álbum “BE”

Liam admitiu que é sobre Noel e que não se importa que a canção chame a atenção para sua relação com o irmão.

"Bem, seria uma merda se chamasse Don't Sister Me' , especialmente porque não tenho uma irmã. Eu amo a música mais do que falar sobre isso, eu poderia ter tentado chamá-la de outra coisa, mas isso é o que ela é. É uma linda canção do caralho ...  Eu não vou mudar o título para facilitar a minha vida.”

Ainda sobre a letra da música, Liam diz:. "É um pouco contraditório. Há uma carga de amor lá dentro, e uma carga de merda ... Não há nada de malicioso porque não é da minha natureza. Eu gostaria de escrever algo mal-intencionado, mas não consegui. "

O novo álbum da banda “BE” será lançado em 10 de junho.


Fonte:NME


Jimmy Page imortalizado em música

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 10:42

0

O guitarrista foi homenageado na canção de Patterson Hood.


O ex-guitarrista do Led Zeppelin, Jimmy Page, é um herói para muitos roqueiros, mas poucos fãs se dariam ao trabalho de escrever uma canção em sua homenagem.

Patterson Hood, guitarrista da banda de southern Drive-By Truckers, agora pertence a esse grupo de fãs, tendo estreado uma música chamada "Jimmy Page" em seu show solo em Sacramento, Califórnia, no último dia 4. 

Num tributo engraçado e doce à Page, a canção foi prefaciada por um monólogo espirituoso sobre como, nos anos 70, nenhum dos caras  do Zeppelin agiam como se seus anos fosse realmente “dourados” .

"Percy não estava destinado a uma boa velhice, sabe?" Disse Hood sobre o cantor Robert Plant. "Mas ele o fez! Ele está com a Patty Griffin, ele é incrível. Está vivendo em Austin, e eu tenho certeza que ele tem um castelo na Inglaterra ... Acabou tudo bem para ele. Ele ainda tem o seu autorrespeito. Provavelmente  vai  reunir o Zeppelin mais cedo ou mais tarde e fazer um bilhão de dólares. "

"Para Jimmy Page acabou tudo bem, isso é tudo que eu vou dizer", concluiu Hood antes de começar sua música, que você pode conferir abaixo.





Dá o play e sinta a boa batida do verão com Queens of the Stone Age!

Posted by João Carlos Martins | Posted in | Posted on 10:34

0


Muito boa quinta-feira, senhoras e senhores. Sejam bem vindos novamente A CAVERNA DE JOHN!

Hoje falarei de uma banda cujo assunto ainda está fresco nas cabeças, já que esteve no festival Lollapalooza, onde foram reunidas excelentes bandas, assim como em sua primeira edição no Brasil ano passado. Sabemos que a cena Stoner em nosso país ainda, notadamente, não tem uma grande difusão como outros gêneros dentro do Rock, mas aposto que todos os leitores de hoje, eu disse TODOS, conhecem a banda que é o tema da semana.

Conversaremos sobre Queens of the Stone Age, que apesar de muitos não a classificarem como Stoner, são extremamente competentes com a música antes de qualquer subdivisão, e são sim um Stoner da pesada. 

A banda liderada por Josh Homme já teve diversas formações, uma vez que sabemos que lidar com o band leader não é tarefa das mais fáceis. Os caras, independente da formação, incorporam o espírito do QOTSA que na maior parte do tempo tem músicas de grande peso, ritmo acelerado, letras precisas, álbuns conceituais, entre outros. Quanto aos integrantes, por lá já passaram boa parte da rapaziada do Kyuss, - banda onde Homme foi guitarrista - Mike Johnson do Dinosaur Jr., e nosso excelentíssimo (sem nenhum exagero) Dave Grohl que até hoje ajuda nos tambores da banda.

Os caras têm cinco álbuns de estúdio lançados entre 1998 e 2007 e depois de um hiato de seis anos, agora em 2013 teremos o aguardadíssimo “...Like Clockwork”, que pudemos acompanhar uma prévia no festival com a faixa “My God is the Sun”, que continua tendo a mesma pegada dos últimos álbuns com aquela soturnidade e assombro que Mr. Homme é perito em dar às suas canções. 

Com relação aos álbuns, todos são ótimos, contudo minha atenção especial fica por conta do terceiro, formidável, temível e impressionante disco nomeado “Songs for the Deaf” (2002) que simula uma transmissão de rádio, que muito bem sacado em sua produção, simplesmente não tem fim. A última faixa “The Real Song For the Deaf” termina como se alguém estivesse pegando as chaves para entrar em um carro que já conecta-se diretamente com o início da primeira faixa “Millionaire” e que se você bobear fica ouvindo o disco eternamente. O álbum conta ainda com os hits “No one knows”, “Gonna Leave You” e as nem tão aclamadas, mas de grande importância para a banda como “Sky Is Falling” e “Another Love Song” além de outras preciosidades.

Em sua vinda ao Brasil a banda inflamou aos que acompanharam sua performance, com as pedradas “First it Giveth Number One”, “Song for the Dead”, “No one Knows”, “Sick Sick Sick” e  também deram uma aula de como empolgar até com aquelas que ficam por trás do palco iluminado como,  “The Lost Art of Keeping a Secret” e “Do It Again”.

Uma curiosidade sobre a banda fica por conta do ex-baixista Nick Oliveri, que no Rock in Rio de 2001 ficou peladão durante a apresentação, devido a quantidade exacerbada de entorpecentes utilizados pela banda e também por sua “ingenuidade” que alegou ter visto mulheres desfilando sem roupas durante o carnaval e pensou que seria algo normal em solo tupiniquim. Passado algum tempo o rapaz foi enxotado da banda por causar muitos contratempos aos demais, por conta de seus problemas com drogas e também, dizem as más línguas, um envolvimento entre cônjuges alheias.

Fiquemos então com a canção “If Only” do homônimo disco dos rapazes, que havia sido lançada em 1997 no split album com a Kyuss onde era chamada por “If Onlly Everything”.



vejam também a versão ao vivo da canção que não pôde ser veiculada aqui, mas não fiquem ansiosos porque ele não mostra as partes...


E pra fechar a minha recomendação da banda “Everybody Knows That Your’re Insane” do álbum “Lullabies to Paralyze”.




Álbuns citados:

·Queens of the Stone Age - 1998
·Rated R 2000
·Songs for the Deaf - 2002
·Lullabies to Paralyze – 2005
·Era Vulgaris - 2007
·...Like a Clockwork - 2013




Até a próxima quinta!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...